COMO PREPARAR SEU LAR PARA A CHEGADA DE UM ANIMAL DE ESTIMAÇÃO?

January 11, 2017

 

A chegada de um animalzinho de estimação é um momento de alegria para muitas famílias, além de trazer inúmeros benefícios para seus integrantes, como companheirismo, amizade, cuidado, segurança e até mesmo na ajuda do tratamento de algumas doenças e depressões. A rotina dos moradores ficam mais leve e mais engraçada.

 

Muitas pessoas que torciam o nariz para adotar um Pet tem se rendido à experiência, e o volume de apaixonados só cresce: o último Censo do IBGE, de 2013, mostra que há 52,2 milhões de cães e 22 milhões de gatos nas casas do Brasil. Provavelmente, esse número já deve ser bem maior, sem contar outros tipos de bichinhos de estimação.

 

Mas sua casa está pronta para recebê-los? Os animais de estimação, especialmente filhotes, podem ser muito curiosos. Eles entram para a família de mansinho, tomam conta da casa, dormem na nossa cama, destroem livros, móveis… e nós rimos de tudo. Mas alto lá! Essa história não precisa terminar assim. Por isso, é importante preparar sua casa, principalmente os apartamentos, protegendo-o de possíveis perigos, evitando que ele possa se enfiar em uma enrascada, e também proteger seu patrimônio, que muitas famílias conquistaram com muito suor e dedicação.

 

Confira abaixo algumas dicas para preparar seu lar para viver melhor com eles e equilibrar a relação entre os animais, a casa e a família:

 

VOCÊ TEM ESPAÇO?

Se você mora em um imóvel pequeno, pense se haverá uma área disponível para o pet andar, brincar e pular livre de correntes que possam causar enforcamento. Pense também no porte do animal: raças grandes precisam de espaço para se locomover. Calcule que também será preciso acomodar no ambiente a caixa de areia ou o tapete higiênico, além de outros elementos que fazem parte da rotina do pet: comida, xampu, cama etc.

 

NADA DE PELUDOS NOS QUARTOS

“Conviver com animais é extremamente saudável em todos os aspectos, desde que estejam ao ar livre. Em espaços internos, eles oferecem agentes alérgenos, como pelos, peles resultantes de descamação, saliva e ácaros, que contaminam a residência”, explica o médico José Carlos Perini, presidente da Associação Brasileira de Alergologia e Imunologia, Asbai. Então, se algum morador da casa tem alergia evite que os bichinhos frequente seu quarto. E nada de dormir com eles!

 

CUIDADO COM CERTAS PLANTAS

Antes de comprar plantas para a casa, pesquise se elas trazem riscos para os animais. Espécies como espirradeira ou comigo-ninguém-pode, copo-de-leite, antúrio, azaleia, espada-de-são-jorge, lírio e violeta devem ser evitadas.

 

PERIGOS FORA DO ALCANCE

As pessoas geralmente se esquecem de guardar remédios, cosméticos e produtos de limpeza que podem ser ingeridos pelos pets, causando sérios problemas à saúde deles. Deixe tudo no alto, longe do alcance, e lembre a família disso.

 

ARRANHAR, ESTRAGAR, DESTRUIR

Os gatos amam arranhar móveis e tapetes para afiar as garras, enquanto também alongam os músculos. A melhor forma de evitar isso é comprar um arranhador e ensinar o gato a utilizá-lo, passando a pata dele no objeto ou usando um pouco de erva de gato, que atrai o interesse do animal. Já os estragos causados pelos cães geralmente escondem sua ansiedade ou tédio. É preciso ‘cansar’ o cachorro, passeando com ele e oferecendo brinquedos que gastem sua energia. Para quem trabalha e precisa deixar o animal sozinho o dia todo, a dica é apostar nos brinquedos que têm abertura para colocar petiscos, que os mantêm concentrados por um bom tempo.

 

AO ADESTRAR OU EDUCAR, SEJA FIRME E IMPONHA LIMITES

Desde cedo é preciso ensinar ao pet, com palavras firmes, que ele não pode subir na mesa, nem pedir comida ou pular nas pessoas. É nesse período que ele vai absorver os aprendizados para a vida, ou seja, de acordo com o adestrador, é o momento ideal para mostrar quem é o verdadeiro dono da casa.

 

REGRAS GERAIS

Fios, produtos químicos, ferramentas, pequenos objetos devem ser mantidos afastados dos animais a qualquer preço. Também, mesmo com todas as adaptações, você pode deixar passar alguma coisa. O animal também deverá ser treinado para viver na sua casa. A consulta com um veterinário irá te ajudar muito na hora de preparar sua casa especificamente para seu animal de estimação. Portanto, use estes recursos com calma e assim, faça uma casa segura e saudável para seu animal de estimação.

 

 

Fonte:

http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Dicas/Pets/noticia/2016/12/prepare-casa-para-chegada-do-animal-de-estimacaos.html

https://www.estimacao.com.br/como-preparar-casa-para-animal-estimacao/

Compartilhar no Facebook
Share no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Conheça um pouco mais de Perdões, a cidade da amizade!

March 31, 2017

1/1
Please reload

Posts Recentes